Limoeiro OPEN de xadrez é marcado por sucessos e erros

            Realizado no dia 31 de julho último na Escola Otaviano Basílio, o torneio de xadrez Open de Limoeiro apresentou sérias falhas que comprometeram seu andamento. Pra começar, o início previsto para as 8:30 da manhã, no mais tardar 9:00 só foi possível pouco mais de 10 hs e isso com todos os presentes aguardando o início dos jogos. Logo na primeira rodada evidenciou-se uma carência de pessoal em operacionalizar a arbitragem e a coordenação do torneio. Muitas foram as queixas dos participantes, diversas ocorrências de erros que ofuscaram por completo um brilho já tímido do torneio que tinha a pretensão de ser a largada da atual equipe da Diretoria de Esportes da Prefeitura Municipal de Limoeiro para o xadrez na cidade. A frustração tomou conta de toda equipe organizadora e de apoio do evento que admite ser necessário não apenas ajustes, mas toda uma nova conceitualização do que vem a ser um torneio de xadrez. Para Walter Eudes coordenador, elaborador do projeto e responsável pela aplicação do torneio, “ficou claro que é impossível executarmos uma proposta amadora em uma estrutura que prima pelo profissionalismo. Porque não temos em Limoeiro ninguém habilitado e com experiência em realizações desta natureza, apenas tínhamos tido sucesso em poucas edições anteriores de torneio de xadrez que nos encorajava a desempenhar um amadorismo dedicado e satisfatório, mas cresceu muito a exigência do esporte na cidade e eis que nos vimos na dificílima situação que foi o OPEN do dia 31 de julho de 2010. Ou seja: ou vamos nós aqui da cidade de Limoeiro encarar as exigências mínimas de formação técnica nesta área desportística ou vamos ter sempre que recorrer a colegas de outras cidades para realizar  momentos desta ordem. Porém, considero os esforços desprendidos por nossa equipe de arbitragem, coordenação e de apoio como louváveis e findaram por minimizar e muito os efeitos de um desastre maior.” No torneio marcaram presença jogadores de 6(seis) cidades distintas, sendo a maioria dos 60(sessenta) desportistas inscritos da cidade de Limoeiro e neste grupo, maioria de alunos da rede municipal de ensino. Outro aspecto de muita negatividade foi o tempo de cada rodada para jogo: inicialmente estabelecido para quinze minutos para cada jogador, findou as últimas duas rodadas (num total de sete) em dez minutos para cada. Ocorre que não há aprofundamento de raciocínio em tão pouco tempo de jogo, outrossim haver modalidade de xadrez denominada de “relâmpago” – justo com tempo este relativo entre 5, 10 ou 15 minutos). Os jogadores mais experientes notaram melhor esta situação e alguns se manifestaram, educadamente diga-se, em repúdio a esta decisão de tão pouco tempo. O principal dificultador foi mesmo as poucas pessoas em trabalho no dia, o que resultou sobrecarga de tarefas a uma ou duas pessoas a frente da realização. Incrivelmente, havia até mesmo uma diária em pagamento a pessoal disponibilizado pelo Departamento de Esportes e não houve quem a preenchesse! 

            Diz Walter ainda: “mas quem achar que tudo foi um “horror” vai se surpreender com esta constatação claramente perceptível: o esporte xadrez está mais fortalecido em Limoeiro após este OPEN. Pois que incrivelmente houve uma satisfação geral, embora não unânime ao torneio. Algumas disputas foram memoráveis e todos os requisitos de dignos embates de mentes ao tabuleiro se exerceram. A satisfação dos premiados foi visível e gratificante aos organizadores. Os depoimentos de público e de conversas foram em sua maioria de otimismo. O interesse em disputa foi amplo, da primeira até a última rodada com pouquíssimas evasões e mesmo até com relativa disposição para mais jogo!! O apoio estabelecido foi singular: as dependências das escola estavam a contento, amplos espaços para jogo, acomodação e circulação de jogadores e visitantes. Não houve carência de jogos de peças ou tabuleiros. Não faltou nem mesmo água, cafezinho e lanche farto a todos os participantes. Toda a logística que foi disponibilizada pelo Departamento de Esportes do Município foi excelente. Daí, que apesar de naufragado, torneio de xadrez em Limoeiro passa a ser um desafio possível de acontecer com sucesso, e as esperanças são transferidas à atual gestão do Departamento de Esportes do município de Limoeiro, a fim de que realize feito ainda inédito na cidade: incluir no calendário desportístico local torneio de xadrez de nível e padrão satisfatórios, atendendo assim as expectativas dos desportistas iniciantes, experientes e aprendizes que exercitam o jogo na cidade de forma brilhante, prazerosa e promissora, bem como visitantes que estimam o enxadrismo limoeirense.” 

por: Walter Eudes 

 Permitida reprodução total ou parcial – Digitalizado em: www.xadrezemlimoeiro.wordpress.com 

AGUARDEM NOVAS INFORMAÇÕES SOBRE ESTE TORNEIO. EM BREVE!

foto: Seráfico Neto

foto: Seráfico Neto

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s